21.5.13

As delícias da OssiDoce

Doce é prazer...vida... emoção... beleza... e muito, muito sabor!!  Cupcake, tortinhas, brigadeiros, alfajor no palito, popcake...hum! Que gostoso. Irresistível tentação. Quem não se desmancha por um docinho, uma mini delícia como as das fotos aí embaixo. Cremosos e coloridos, crocantes  ou macios, para derreter na boca. Doces de sabor delicado ou marcante nos fazem perder a linha em qualquer momento, mas com muito prazer.
 Você encontra todos esses docinhos e outras maravilhas na OssiDoce, clique no nome e veja o link.
 

 















 

13.5.13

Exposição sobre Maria Lídia Magliani

 Ouro Negro

No próximo dia 28, na Pinacoteca do Paço Municipal, será inaugurada uma exposição em homenagem à artista plástica Maria Lídia Magliani (1946-2012), com curadoria de Renato Rosa.
A publicação deste ensaio fotográfico de Luiz Carlos Felizardo, comentado pelo próprio, antecipa a mostra. 

por  Luiz Carlos Felizardo - fotógrafo

Eu tinha feito fotografias para um audiovisual que o Signovo projetara para as Lojas Renner, Futura 70. Sei lá se eram boas, ou criativas, mas, nas fraldas da fotografia, eu achava que o assunto moda, dava um espaço para o autor que outras áreas da fotografia comercial não davam. Dois outros trabalhos da mesma época abordavam ideias similares, e a qualidade das fotos parecia progredir.
No ano seguinte, resolvi fazer, "por conta própria", um ensaio com imagens correlatas, investigando as alterações que alguns procedimentos provocavam no grão e na cor das fotos. Usei algumas imagens existentes e, para fazer as coisas novas, convidei uma amiga próxima, a Magliani. Fotografamos em dois lugares: uma casa abandonada ao lado do meu estúdio, e, para o Pato Macho, no prédio já sem uso do antigo colégio Anchieta, na Duque de Caxias.
Naquele tempo, eu namorava, uma amiga muito próxima de Magliani; a gente passava horas tocando, ouvindo música e conversando sobre arte, que ela já fazia e que eu ainda não sabia que viria a fazer.
As fotografias que venceram o teste do tempo foram aquelas feitas no Anchieta, no preto e branco ao qual eu iria me dedicar com um pouco mais de competência nos anos seguintes, fotografias com que homenageio a figura de cabelos afro, magrinha e expressiva que eu conheci no começo dos anos 1970.(texto publicado em Zero Hora).
 
 

Fotos Newborn Lívia

Uma doce garotinha linda!!