21.9.16

Café do Porto

Café do Porto
 
Até meados de 1995, a Padre Chagas era uma pacata rua residencial do bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre, mas já existia um certo charme. Pelo menos na percepção de pessoas mais atentas, como foi o caso de Cacaia Bestetti, uma arquiteta de sensibilidade aguçada e apaixonada pelo clima bucólico das ruas do Moinhos de Vento. Ela vislumbrou, no coração do bairro, um lugar perfeito para abrir um café com o estilo charmoso daqueles encontrados apenas em Paris ou Buenos Aires.
Nascia então o Café do Porto, um lugar que foi o pioneiro, não só em provocar a mudança no status da pequena rua Padre Chagas, mas também na maneira do portoalegrense beber café. Primeiro através da degustação de um autêntico espresso, depois, com o passar do tempo, com os blends diferenciados, que chegaram para agradar aos paladares que, aos poucos, ficavam cada vez mais exigentes.
Hoje é quase impossível imaginar a rua Padre Chagas, sem o Café do Porto. Afinal de contas, ele acrescentou mais um prazer à vida das pessoas: sentar à mesa em plena calçada da rua e apreciar um bom café. Um prazer que se tornou insubstituível.
Fonte: Café do Porto





 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fotos Gestante

Gestante Renata e Rafael -  Locação Veleiros do Sul - Porto Alegre